Metade dos empregadores desiste de contratações por consultas internet

@ IDGNow

Apontado como fator para democratização, a expressão livre na internet pode ser usada contra usuários na hora de buscar um novo emprego.

Estudo do site CareerBuilder.com revela que 26% dos 1.150 gerentes de RH nos Estados Unidos ouvidos já consultaram sistemas de busca atrás de informações sobre os candidatos.

Já falei: presta atenção com essas porcarias de redes sociais.
Criar um perfil “descolado”, “bacanetz”, “irado” na base das mentiras pode ser legal para os ‘amigos’, mas pode ser o início do fim para você.

Bobiças, Weblife

Leave a Reply