Sobre fazer as coisas com paixão

@eumigo comigo mesmo

Se conselho fosse bom… Sim, começo este post dando um conselho falando sobre a importância de se colocar PAIXÃO naquilo que se faz.

Na maior parte do seu tempo, se você, assim como eu, está num ritmo frenético de vida, você se sente como na imagem abaixo:

 

OK, OK, não é pra tanto, mas a verdade é que você se sente limitado, e com isso em mente acaba não encontrando aquilo que te dá paixão em fazer, de forma muito especial no trabalho.

Ultimamente tenho visto muito deste comportamento: pessoas que vivem em qualquer tempo/lugar que não seja o AGORA. Se você parar pra pensar um minuto perceberá que a única coisa que você REALMENTE tem é o AGORA. Você só vive realmente no agora, não existe o passado nem o futuro.

Mas vejo também algumas ilhas de inspiração: tenho um amigo que resolveu seguir o coração e abrir um negócio do qual ele tem verdadeira paixão e tem sido muito interessante acompanhar a trajetória que os negócios dele tem seguido. Num destes negócio ele (o meu amigo) se desdobrou com o inglês tupiniquim para trazer para o Brasil uma empresa respeitada no meio que ele atua. Note que o idioma ‘default’ do fabricante também não é inglês, e nem por isso ambas as partes se deixaram melindrar pelas dificuldades.

Noutro negócio, o cara teve de buscar informação e se desdobrar em mil partes para conseguir publicar uma loja virtual em tempo adequado.

Só se alcança resultados superiores quando há paixão naquilo que se faz. Sem esse componente, uma história, qualquer história, fica sem sal e termina de forma horrível.

O que fica desse conselho sobre paixão é que, quando ele existe, naquilo que fazemos, em especial no trabalho, é fácil de encontrar coisas como:

  1. Iniciativa
  2. Perseverança
  3. Comprometimento
  4. Persuasão
  5. Auto-confiança
Agora, se você não acredita neste conselho, você pode seguir este aqui:

Capivarou!

Leave a Reply